Cerimônia de abertura da 23ª Festa da Dália teve participação de autoridades brasileiras e japonesas

10/03/2017

A abertura oficial da 23ª edição da Festa da Dália ocorreu em 5 de março e foi prestigiada por diversas autoridades brasileiras e japonesas. O evento, que acontecerá também no dia 12 de março, é realizado na Casa de Repouso Suzano (Ipelândia Home) e conta com um jardim de 3,5 mil pés de dália e 80 variedades da espécie além de reunir apresentações de música, dança e comidas tipicamente japonesas.

Participaram da solenidade o Prefeito do Município de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, a Primeira-dama e Presidente do Fundo de Solidariedade de Suzano, Larissa Antoniassi dos Santos Ashiuchi, a Secretária de Governo do Município de Suzano, Rosenil Barros Orfão, o Secretário de Defesa Civil e Social, Jefferson Ferreira dos Santos, o Chefe de Gabinete do Prefeito, Afrânio Evaristo da Silva, a Vereadora do Município de Suzano, Gerice Rego Lione, o Cônsul do Departamento de Assuntos Gerais, Kenji Iwashima, o Diretor de Esporte da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social,  Kenji Kiyohara, o Vice-Presidente da Associação Cultural Suzanense – Bunkyo Suzano, Reinaldo Katsumata, o Diretor Vice-Presidente da Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo, Shigenobu Gushiken, o Conselheiro da Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo, Yoshiharu Kikuchi, o Presidente da Comissão de Administração da Casa de Repouso Suzano (Ipelândia Home), Kazuo Nakada, o Presidente da Comissão de Administração da Casa de Repouso – Santos Kosei Home, Sergio Norifumi Doi e o Presidente da Comissão de Administração do Yassuragui Home, Mario Toda.

Kazuo Nakada agradeceu a presença do Cônsul e de todos os que foram prestigiar o primeiro dia da 23ª Festa da Dália. Aproveitou para também agradecer a colaboração de todos que se dispuseram a ajudar no evento e se desculpar pelo transtorno causado devido a realização das obras de ampliação da Casa. Enfatizou que essa ampliação só foi possível graças a doação da The Nippon Foundation e que a previsão para o término das obras está marcada para setembro.

Destacando a história e a representação da Festa da Dália, uma amizade entre a cidade de Kawanishi, situada no Japão, e o município de Suzano, Shigenobu Gushiken, que representou Diretor-Presidente da Associação Nipo-Brasileira de Assistência Social - Enkyo, Akeo Uehara Yogui, contou que os primeiros tubérculos trazidos da cidade de Kawanishi foram um grande desafio para os colaboradores que tinha um sonho de abrir um jardim com o intuito de dar alegria aos internos que hoje vivem na casa e que no passado fizeram a história da colônia.

O Cônsul Kenji Iwashima celebrou com alegria a abertura do evento, relatando a história da flor e que por meio do evento o público também tem a oportunidade de conhecer a Casa de Repouso. Frisou o significado de elegância da flor, fez votos de longevidade aos presidentes e expressou seu profundo respeito pela Associação, Beneficência e a todos os presentes.

Na cerimônia de abertura, Rodrigo Ashiuchi cumprimentou todos os presentes que não mediram esforços para a realização da festa que chegou em sua 23ª edição, ressaltando que Ipelândia Home hoje é representada no município pela Festa da Dália e que a dália retrata o respeito, a união e a história de várias famílias. Finalizou não somente agradecendo a todos que contribuem com a festa, mas também por ajudarem na propagação da cultura japonesa.

Vendas e voluntariado

Além dos produtos vendidos por bazaristas como roupas, CDs, DVDs, chapéus, calçados, artesanatos, porcelanas orientais, bijuterias e semijoias, produtos de gengibre, alimentícios orientais, de utilidades domésticas e queijos, o evento também teve a dedicação de voluntários que auxiliaram em várias frentes em prol de Ipelândia Home.

Na praça de alimentação, os “Amigos do Pernil” venderam lanches de pernil, calabresa e pastel, o Diretor e Vice-Presidente da Comissão de Administração do Hospital São Miguel Arcanjo, Shigenori Inoue, também filial da Beneficência colaborou com a venda de batatas fritas e os “Amigos da Enkyo”, equipe recentemente formada por voluntários da sede da Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo e por voluntárias da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica) venderam croquetes e café aos visitantes. Especialmente no segundo dia de evento, um grupo de voluntários do Hospital Nipo-Brasileiro, filial da Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo, com o nome de “Temaki da Amizade”, comercializará a venda de temakis. Toda a angariação das barracas será revertida para Ipelândia Home.

O Centro de Ação Social Enkyo – Unidade Amami, que é responsável por um projeto social voltado para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, também esteve presente no evento com a venda de okonomiyaki.

Acreditando no trabalho da Associação e da Beneficência, o grande destaque neste ano foi a doação de 10 mil macarrões instantâneos da marca Maruchan e de 50kg de Café Brasileiro pela Mitsui Alimentos visando o auxílio da promoção das ações sociais das duas entidades.

Todos os estandes da praça de alimentação e bazares estarão abertos no próximo domingo, dia 12 de março, comercializando inclusive raspadinhas, cocada, fondue, plantas ornamentais, frutas, verduras, temperos, pamonha, curau, milho cozido, sorvetes entre outros.

Campanha

O Hospital Nipo-Brasileiro promove nos dois dias de festa uma Campanha de Detecção de Diabetes e Hipertensão voltada ao público no decorrer de todo o evento. Os resultados que rapidamente ficam prontos são entregues durante o atendimento.

Show e apresentações musicais

Além da abertura oficial, na programação do primeiro dia de evento teve o show do cantor Joe Hirata, apresentações de dança sênior e ginástica rítmica dos internos de Ipelândia, de Kien Daikô de São Bernardo do Campo, de Kasa Odori da Associação de São Miguel Paulista, da Prefeitura de Suzano, de dança japonesa estilo Fujima, da equipe de Suzano Nakayoshikai Rizumu Taissô e de Karaokê, que foi aberto ao público.

Para o próximo domingo, está previsto o show com Ricardo Nakase e as apresentações do Coral Primavera, de Shinkyodaikô de São Caetano do Sul, da ACAL Rizumu Taissô, da Academia Corpus Line de Mogi das Cruzes, do Grupo Yamagata Kenjin do Brasil, de Suzano Okinawa Kenjin e da Prefeitura de Suzano.

Os coordenadores do evento esperam para o dia 12 um público de 5 mil pessoas. O horário de início da festividade está marcado para às 10h e seu encerramento se dará às 16h. Toda a arrecadação será revertida para a manutenção da Casa de Repouso Suzano (Ipelândia Home).


Compartilhe: